Diagnóstico veicular: potencialize sua empresa por meio da gestão de frota

Diagnóstico veicular: potencialize sua empresa por meio da gestão de frota

A partir do momento que a sua empresa possui um veículo, a sua frota já está iniciada! Muitos empresários não têm esse pensamento; e por isso, mesmo que já possuam alguns poucos veículos, não consideram como uma frota veicular. Entretanto, é exatamente nesse período que você deve dar uma atenção especial e iniciar a gestão de frota, para assim garantir que seus resultados sejam atingidos e o crescimento do seu negócio alcançado!

É importante ressaltar que a gestão e a organização são necessários para evitar que problemas aconteçam, tais como o uso indevido do veículo e operações malsucedidas, além da perda da qualidade das entregas e prestação de serviços.

Contudo, a fim de que você entenda a importância da gestão de frota, queremos que você aprenda primeiramente a identificar os possíveis empecilhos e os pontos de melhorias para a otimização na gestão de sua frota. Entender e colocar em prática as nossas sugestões, pode garantir um bom crescimento e desenvolvimento da sua frota veicular posteriormente! 

Ademais, você pode identificar agora mesmo os problemas que precisam ser corrigidos na frota, por meio da nossa ferramenta gratuita, o diagnóstico de frota disponível no fim do artigo!

Como identificar problemas na frota?

Com o objetivo de te fazer entender os possíveis problemas, ou até mesmo identificar os que já estão ocorrendo em sua frota, separamos os principais observados:

  1. Redução da qualidade das entregas e prestação de serviços: 

Quando uma frota veicular não é gerida adequadamente, há o perigo de haver a redução da qualidade nas entregas e serviços, mesmo que o seu produto seja muito bom e reconhecido por isso. 

A desorganização das operações de campo pode comprometer gravemente a experiência do consumidor com o seu negócio; visto que o atraso das entregas, o erro na escolha das rotas e o descuido com as mercadorias podem ser problemas resultantes da falta de gestão dos veículos. 

Por causa disso, um sistema composto por análises e relatórios de operações e até mesmo roteirização, é uma boa ideia para a organização da frota, e para garantir de que a qualidade do seu serviço seja vista também nas entregas.

  1. Uso indevido do veículo:

Em segundo lugar, a falta de acompanhamento na sua frota veicular pode desencadear a má condução do veículo, e uma conduta agressiva por parte do motorista. 

As ferramentas de gestão de frota ficam encarregadas – dentre tantas outras – da parte de controle de multas, majoritariamente devido ao rastreamento veicular. Sabe-se que, quando as multas são geradas, o prejuízo pode ficar muito maior para a empresa, caso o motorista não seja identificado (nesses casos a multa é dobrada).

Para que isso não aconteça, o sistema de  rastreamento é a solução ideal. É por meio das informações de localização fornecidas em tempo real que você pode descobrir onde ocorreram as infrações, qual o motorista e em que contexto; assim, o controle de multas é realizado com sucesso.

Ademais, sem uma forma de controle, o uso indevido do veículo pode ocasionar a desorganização de documentos como comprovantes de abastecimento, por exemplo. Quando não há esse registro e monitoramento, os condutores acabam não se dedicando para realizar as operações da forma que elas devem realmente ser realizadas.

  1. Descuido na conservação de veículos:

Com a correria do cotidiano, é muito comum esquecer de verificar e cuidar da manutenção da frota. Com a gestão dos veículos, é muito mais fácil manter a organização desses processos, visto que há opções como o plano de manutenções e a checklist, formas de otimizar essas atividades e garantir que você não esqueça de levar os veículos à oficina.

O descuido na conservação da frota também se dá em relação ao gasto excessivo de combustível. Quando isso acontece, os seus veículos não estão em seu potencial, e a sua empresa pode sofrer grandes prejuízos; muitas vezes pois os condutores estão desviando da rota, e assim gastando desnecessariamente a gasolina ou diesel.

Vale lembrar que além de conservar os veículos, garantir e prevenir para casos de acidentes e furtos é muito importante. Nossa dica é investir também em um seguro de automóveis, assim a dedicação à frota fica totalizada.

Quais os 3 pilares da gestão de frota?

Agora que você já sabe quais os principais problemas que a ausência de gestão de frota pode causar, que tal nos aprofundarmos no assunto?

Se você ainda não sabe, a gestão possui 3 pilares, essenciais para o sucesso da sua frota, e consequentemente, da sua empresa. Confira quais são eles:

Pilar 1 – Rastreamento e Monitoramento veicular

O sistema de rastreamento e monitoramento de frotas tem como função gerar dados de localização do veículos em tempo real, processando dados tanto temporais quanto espaciais, além de informações sobre o status do veículo em questão, como a velocidade e o funcionamento/desligamento do motor.

Ademais, o rastreamento garante que você faça e o controle de paradas e as selecione, para inspecionar as saídas de rota. Com esse objetivo, também há as chamadas “cercas virtuais”; espaços delimitados no mapa em que você pode determinar os limites de entrada e saída.

Essa ferramenta também possibilita que você tenha acesso ao histórico de rotas percorridas, para assim ter o controle da atividade dos seus motoristas.

Pilar 2 – Gestão do veículos

Quanto ao segundo pilar, várias observações já foram feitas. O controle de gastos, a redução de custos com combustível, a organização das operações e as entregas e prestação de serviços são benefícios assegurados pela gestão, como já mencionado. 

Por isso, a sua frota veicular só pode crescer do jeito certo se for bem gerenciada e organizada por um sistema; o qual registra e armazena todas as informações necessárias dos trajetos percorridos (inclusive hodômetro e controle de velocidade).

Pilar 3 –  Roteirização 

O último pilar diz respeito às operações em si, como as entregas, coletas, visitas e prestação de serviços. 

O roteirizador é uma ferramenta extremamente essencial para as frotas veiculares, visto que organiza e seleciona as melhores rotas até o destino desejado. Outrossim, ainda há a possibilidade de marcar os pontos pelos quais os veículos devem passar, e garantir que as operações de campo sejam realizadas da maneira certa e de acordo com a sua política de frotas.

Faça o diagnóstico veicular e identifique os problemas da sua frota!

Se você deseja iniciar a gestão de frota em seu negócio, a fim de atingir o seu potencial máximo, o primeiro passo é identificar os problemas dos seus veículos. É importante que o processo de reconhecimento das falhas que precisam ser corrigidas seja feito o quanto antes. E para isso, a melhor saída é o diagnóstico veicular

O diagnóstico é uma ferramenta que auxilia na identificação de falhas e problemas na frota De modo geral, trata-se de um mecanismo que analisa e gera o resultado acerca da sua frota veicular, e envia um diagnóstico completo para o seu e-mail, identificando os problemas e sugerindo melhorias.

Essa ferramenta fornece resultados na hora, após fazer uma avaliação com base em questões que você precisa responder – em síntese, sobre o funcionamento da frota veicular.

O software de rastreamento e gestão da RotaExata oferece esse diagnóstico veicular, que pode ser realizado em alguns minutinhos apenas. Além disso, as ferramentas citadas – em suma, os 3 pilares da gestão de frota – também são parte do sistema Rota, e podem te auxiliar a identificar, reconhecer, e solucionar os seus problemas!

Por fim, vale ressaltar mais uma vez que essa funcionalidade é eficiente não só para a organização, o controle e a otimização dos serviços; mas também para o proporcionamento do crescimento da sua frota. 

Faça o diagnóstico agora mesmo e dê início a esse processo!

Este artigo foi desenvolvido pela Grasielle Mello, redatora de conteúdo na Rota Exata.